Portaria 1: Av. Príncipe de Gales, 821,
Portaria 2: Av. Lauro Gomes, 2000

(11) 4993-5400
fmabc@fmabc.br

Centro Universitário Saúde ABC

Pin It

Exemplo de superação, Mary Temple Grandin foi diagnosticada com autismo na infância. Hoje, aos 72 anos, é autoridade na área de saúde animal e revolucionou a indústria agropecuária dos Estados Unidos

O Núcleo Especializado em Aprendizagem do Centro Universitário Saúde ABC / Faculdade de Medicina do ABC (NEA-FMABC) organiza nesta sexta-feira (18 de outubro) a sexta edição do “CINENEA” – atividade cujo objetivo central é proporcionar encontros educativos e lúdicos, assim como a troca de informações e experiências dentro de temas diversos nas áreas de educação e saúde. O filme escolhido para a oportunidade é “Temple Grandin”, que possibilitará reflexões acerca do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

A sessão de cinema terá início às 18h50, no Anfiteatro David Uip, no próprio campus universitário da FMABC (Av. Lauro Gomes, 2.000 - Santo André/SP). As inscrições são gratuitas pelo endereço: www.fmabc.br/cinenea.

“O filme retrata a biografia de Mary Temple Grandin, uma norte-americana diagnosticada com autismo ainda na infância e exemplo de superação. Com apoio da escola e dedicação pessoal, ela chegou à universidade e se formou em Psicologia. Contudo, sua grande paixão, habilidade e sensibilidade estavam no tratamento de animais. Ela cursou mestrado em Zootecnia na Universidade Estadual do Arizona e desde 1989 é Ph.D. em Zootecnia pela Universidade de Illinois. Hoje, aos 72 anos de idade, é palestrante, autora de livros e considerada autoridade mundial na área de saúde animal, tendo revolucionado as práticas de cuidado em fazendas e abatedouros dos Estados Unidos”, descreve a psicóloga e psicopedagoga Alessandra Bernardes Caturani Wajnsztejn, coordenadora do NEA-FMABC.

O CINENEA tradicionalmente reúne profissionais da área multidisciplinar, entre os quais neuropediatras, pediatras, professores, diretores e coordenadores de escolas, familiares de alunos com dificuldade de aprendizagem ou não, assim como crianças e adolescentes interessadas no tema.

“A intenção é trocar informações de forma lúdica com colegas de área e demais interessados nos temas escolhidos, evitando a propagação de conceitos inadequados. Queremos contribuir na divulgação de informações, mostrar que as dificuldades escolares podem ou não estar relacionadas aos transtornos de neurodesenvolvimento, e que hoje temos avaliações e tratamentos extremamente eficazes para auxiliar as crianças”, informa a equipe do NEA-FMABC.

SUCESSO DE PÚBLICO
A primeira edição do CINENEA ocorreu em novembro de 2015 com o filme “O Segredo”, cujo tema central é o transtorno de leitura e escrita – a Dislexia. Em fevereiro de 2016, a segunda edição destacou “Como estrelas na terra”, cuja história aborda os temas dislexia, ansiedade, depressão, desatenção e agitação. “Um sorriso tão grande quanto a lua” marcou o 3º CINENEA, em junho de 2016, ao falar sobre os desafios de um professor frente a uma turma de alunos com diagnósticos de ansiedade, síndrome de Tourette, dislexia, síndrome de Down, superdotação e transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Baseado em uma história real, o filme “Mãos talentosas” foi destaque da quarta edição, em junho de 2017, mostrando a trajetória de Ben Carson, um neurocirurgião que ficou mundialmente famoso ao separar gêmeos siameses unidos pela cabeça. Em setembro de 2018, o 5º CINENEA exibiu “O jogo da imitação”, que possibilitou reflexões acerca de temáticas como discriminação, transtorno obsessivo compulsivo (TOC), superdotação e bullying.

 

Categoria: