fbpx

Portaria 1: Av. Príncipe de Gales, 821,
Portaria 2: Av. Lauro Gomes, 2000

(11) 4993-5400
fmabc@fmabc.br

Centro Universitário FMABC

FMABC firma parceria com a FEASA e amplia oferta de campos de estágio

Pin It

Publicado em: 04/11/2021

Foi assinado nesta quinta-feira (4) o termo de parceria entre o Centro Universitário FMABC e a Federação de Entidades Assistenciais de Santo André (FEASA). O acordo prevê que as 42 instituições vinculadas à FEASA sejam campos de estágio para estudantes do Centro Universitário, ampliando a assistência na região.

A FEASA é uma organização não governamental cujas unidades de atendimento prestam serviço a crianças, adolescentes, portadores de deficiência, dependentes químicos, idosos e famílias em situação de vulnerabilidade social. Estima-se que o órgão atenda quase 7.500 pessoas de 4.800 famílias no município de Santo André.

A parceria com a FMABC fará com que essa população que utiliza as unidades da FEASA tenha acesso a ações de saúde preparadas e realizadas por estudantes dos diversos cursos oferecidos pelo Centro Universitário, feitas com a supervisão de professores gabaritados. Além disso, também serão realizadas capacitações com a participação de representantes da faculdade.

Segundo Roseli Oselka, Pró-Reitora de graduação do Centro Universitário FMABC, a parceria é fundamental para demonstrar a qualidade do ensino ofertado e sua utilização em favor da comunidade. “A ampliação de campos de estágio faz com que os alunos tenham mais espaço para colocar em prática o que aprendem nos cursos, além do contato direto com a população e a prestação de serviço para a comunidade, que é essencial”, afirma.

Para a presidente da FEASA, Ignez Chedid Awada, a assinatura do contrato serve para sacramentar e expandir uma boa relação que já existe há anos entre as instituições. “Podemos atestar que todos os profissionais formados pela FMABC que já prestaram serviço para nossas entidades são excelentes. É uma colaboração mútua que agora só tende a crescer e estreitar os laços, favorecendo as pessoas atendidas”, conclui.