Atendimento
(11) 4993-5400
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Últimas Notícias

article thumbnailTrabalho desenvolvido na Faculdade de Medicina do ABC foi premiado no Congresso Brasileiro de Pneumologia e Tisiologia     Uma nova abordagem terapêutica desenvolvida pela disciplina de Pneumologia da Faculdade...
Em 2018, ex-alunos foram aprovados nas especializações mais concorridas do país, como no Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, A.C. Camargo, Unifesp e Incor
 
Os recém-formados do curso de Enfermagem da Faculdade de Medicina do ABC ocuparam, em 2018, os primeiros lugares de classificação nos programas de residências multiprofissionais das principais instituições de saúde do país, como Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio-Libanês, A.C. Camargo Câncer Center, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Instituto do Coração (Incor) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).
 
Os critérios para ingresso nos cursos de especialização variam entre as instituições. Em geral, são utilizadas análise curricular, prova escrita, prova prática e entrevistas. Para a coordenadora do curso de Enfermagem da FMABC, o sucesso é atribuído à atualização criteriosa da grade curricular da instituição segundo exigências do mercado de trabalho, além da qualidade do corpo docente.
 
“Amadurecemos a proposta de formação do enfermeiro de acordo com as diretrizes curriculares nacionais e acompanhamos a realidade da saúde no país e no mundo. Tem sido um desafio constante formar enfermeiros que consigam atender ao aumento da demanda por atendimento à saúde e ao mesmo tempo desenvolver suas habilidades técnicas. Além disso, apostamos muito nas atividades de extensão extracurriculares, no ensino prático, trabalho de preceptoria e na qualificação dos professores – todos mestres ou doutores”, explica a professora titular e coordenadora do curso de Enfermagem da FMABC, Dra. Rosangela Filipini.
 
Tema central de constantes debates na área da saúde, a humanização é pauta obrigatória nos cursos de Enfermagem e todos da área de Ciências da Saúde. A empatia, sensibilidade e gentileza no atendimento dos pacientes são tão fundamentais quanto a capacidade técnica.
 
“A essência do enfermeiro é cuidar, e cuidado sempre estará relacionado à humanização. Este conceito está inserido no nosso modelo curricular desde o primeiro ano. Por isso, incluímos a disciplina de ‘Atividades integrativas’ na matriz curricular, que usa como referência a Política Nacional de Humanização. Além disso, queremos formar enfermeiros que acompanhem o modelo do Sistema Único de Saúde (SUS)”, completa a coordenadora.
 
EDUCAÇÃO EM SERVIÇO
A residência multiprofissional em saúde é uma pós-graduação voltada à educação em serviço. O residente deve se dedicar exclusivamente à especialização por dois anos, sendo obrigatórias 60 horas semanais, distribuídas entre atividades teóricas e práticas. É destinada aos cursos que integram a área de saúde (exceto Medicina), como Biomedicina, Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional.
 
 
Ex-aluna lidera aprovação em três programas de Oncologia
 
A recém-formada Dimitra Delijaicov foi um dos destaques da FMABC neste 2018. A ex-aluna foi aprovada em três programas de Oncologia: 2º lugar na Unifesp, 4º lugar no Hospital Sírio-Libanês e em 1º lugar – em única vaga – no Hospital Israelita Albert Einstein. A rotina de estudos foi programada desde o início da graduação.
 
“Me preparei bastante para me sentir segura nas provas, mas, mesmo assim, não esperava tantos resultados positivos. Acho que o principal diferencial do curso é a união de professores preparados e atualizados com a ótima estrutura da instituição. A FMABC é um nome muito forte no mercado de trabalho na área da saúde. Sempre me disseram isso, mas pude perceber melhor nos processos seletivos. Todos demonstram ótima aceitação quando falamos de onde viemos”, conta a ex-aluna, que optou por ingressar no Albert Einstein. Segundo Dimitra, o campo de estágio também foi essencial para o desenvolvimento completo do aluno, que desde o início do curso adquire confiança e segurança na rotina de atendimento de pacientes em diversos serviços de saúde do Grande ABC.
 
Além das ótimas colocações de Dimitra nos programas de Oncologia, outras alunas da FMABC foram aprovadas em concorridas seleções este ano. São elas: Rebeca Santana de Oliveira (3º lugar – Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e 1º lugar no Incor – Instituto do Coração da USP); Priscila Silvestre (Unifesp – Residência Multiprofissional em Obstetrícia) e Jenifer Letícia Santos (Hospital Sírio-Libanês – Residência Multiprofissional em Enfermagem - Centro Cirúrgico).